Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

A NOIVA ESTÁ LINDA, UMA REFLEXÃO DE RONALDO LIDÓRIO

Imagem
A Noiva está linda! (Ronaldo Lidório)

"Há um ar de desapontamento com a Igreja em nosso país.

Ouço vozes esmorecidas e vejo olhares que não brilham mais. É o desencanto com a Noiva.

Noto que a desilusão vem pela tristeza ao ver cenários onde o louvor e a pregação se transformam em fonte de lucro e não consequência de corações transbordantes. Pela proliferação de igrejas cada vez mais cheias, porém aparentemente tão vazias, menos comprometidas com a Palavra, sem sede de santidade e paixão pelos perdidos. Segue pela tênue linha que por vezes parece não distinguir muito bem Igreja e mundo, especialmente quando o binômio interesse e finanças se apresenta, e ainda pela dificuldade em identificar a Igreja de Cristo em meio aos movimentos religiosos.

O desencanto faz o povo olhar para o passado e relembrar os velhos tempos. Comenta-se sobre os pastores à antiga e dias quando a Igreja ainda via simplesmente na Palavra razão suficiente para o santo ajuntamento. Tempos quando o constrang…

A MORTE DE CHAMPIGNON E O PRAZER MÓRBIDO DE ALGUNS EVANGÉLICOS NO INFERNO

Imagem
A morte do Champignon, músico do Charlie Brown Junior  despertou em alguns dos chamados evangélicos um prazer mórbido pelo inferno. Há pouco vi no BLOG doPavarine o Print Screen (veja ao lado) com algumas opiniões sobre a morte do músico brasileiro. 
Confesso que uma das "falas" muito me assustou. Um cristão disse: "Foi se encontrar com Chorão no inferno. Mais um que viveu a vida sem exaltar e glorificar o nome do Senhor Jesus Cristo."
Caro leitor, por favor me responda sinceramente como é que pode crentes em Jesus falar do Inferno com tanta naturalidade, sem contudo derramar uma lágrima sequer? Confesso que fico estarrecido com  o sarcasmo de alguns, bem como a frieza de outros, que aparentemente estão felizes com o falecimento de Champignon,
À luz disso, foi-me impossível não lembrar de Jonathan Edwards que ao tratar sobre o inferno disse:
"Se nós que cuidamos das almas soubéssemos como é o inferno e conhecêssemos a situação dos condenados à perdição, ou se por …

85% das igrejas são lideradas por pastores sem formação teológica

Imagem
Durante o século passado, o número de evangélicos em todo o mundo cresceu de forma explosiva. Estima-se que 75% deles vivam na África, na Ásia ou na América do Sul. Embora seja impossível saber ao certo, estudiosos calculam que existam cerca de 2,2 milhões de igrejas evangélicas em todo o mundo. Mas 85% delas são lideradas por pastores com pouca ou nenhuma formação teológica. Estima-se que menos de 10% dos pastores possuem um diploma de teologia. O pouco acesso à educação formal afeta a compreensão de verdades básicas da Bíblia. O grande número de analfabetos e a pouca disponibilidade em alguns países dificulta ainda mais o processo de treinamento. Em muitos lugares o acesso à Internet é precário ou simplesmente não existe. Nada disso muda o poder do Evangelho em mudar vidas, mas gera problemas que os evangélicos que não vivem essa realidade possivelmente não são capazes de entender. Contudo, este cenário afeta milhões de pessoas em muitos países. Uma campanha de âmbito mundial da org…

Levitas já estão prontos para fazerem sacrifícios sacerdotais no Terceiro Templo em Israel

Imagem
1 No dia 20 de agosto de 2013, após mais de 1950 anos, ocorreu em Israel a cerimônia preparatória para a retomada do “sacrifício perpétuo” que era feito diariamente pelos judeus. O mandamento presente no livro de Levítico é retomado em Jerusalém pela primeira vez desde a destruição do Segundo Templo pelas mãos dos romanos, no ano 70. O Templo original foi inaugurado aproximadamente em 950 a.C. e destruído na invasão babilônica em 586 a.C. O treinamento dos cohanim (sacerdotes) é uma iniciativa do Instituto do Templo, juntamente com várias outras organizações dedicadas a reerguerem o Beit HaMikdash (Templo de Salomão) em Jerusalém. Essa escola para os novos sacerdotes é um importante passo na restauração dos sacrifícios rituais. A primeira turma foi selecionada após uma parceria com a Mishmeret Kehunah, instituição que procura restaurar o ciclo sacerdotal do Templo. Um novo sinédrio existe desde 2006. Desde então, se reúne uma vez por mês em Jerusalém, e formou uma comissão de sete rabin…